Liderança
 
 
 
   
 
Comissões
 
 
 
 
Bancada da Maioria
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Legislativo
 
 
 
 
Multimídia
 
 

Notícias
Publicada em 21 de Setembro de 2017 ás 15:51:00
Share

Comissão da Mulher marca posição em prol da diversidade

 Em reunião ordinária realizada na manhã de ontem, a Comissão dos Direitos da Mulher da Assembleia Legislativa da Bahia aprovou, por unanimidade uma moção com críticas à atitude do juiz federal Waldemar Cláudio de Carvalho, devido à liminar concedida pelo mesmo que autoriza a terapia de reversão sexual, chamada de “cura gay”. 

 
“Nossa sociedade não pode retroceder assim, por um entendimento conservador como este. Este tratamento é proibido pelo Conselho Federal de Psicologia desde 1999, porque doença é o preconceito, o desrespeito, a homofobia, não a homossexualidade”, afirmou a deputada Luiza Maia (PT), presidente do colegiado.
 
A socialista Fabíola Mansiur, que já presidiu o colegiado, disse que “homossexualidade não é doença, é uma decisão muito pessoal e que deve ser respeitada por todos: aqueles que são da comunidade LGBT e aqueles que a ela não pertencem”, declarou, em pronunciamento na tribuna da Assembleia Legislativa. “Moção de repúdio a essa liminar que vai gerar mais retrocesso, mais violência, mais mortes, mais preconceito e a gente não pode se calar diante de tal coisa”. Para ela, o argumento da “liberdade científica” utilizado pelo magistrado é falacioso, uma vez que desde 1990 o homossexualismo foi retirado da lista de doenças da Organização Mundial de Saúde. 
 
A atitude do juiz da 14ª Vara do Distrito Federal gerou uma reação em todo o país. No entendimento das deputadas do Legislativo baiano, o repúdio coletivo pode ajudar na reversão desta decisão judicial. Também participaram da sessão as petistas Neusa Cadore e Fátima Nunes e as deputadas do PSD Ângela Sousa, Ivana Bastos e a vice-presidente do colegiado, Mirela Macedo.   


ASCOM

Leia Também
 
Assembleia Legislativa da Bahia
1a Avenida, 130, CEP: 41.745-001, CAB, Edifício Jutahy Magalhães, 3 andar - Salvador-Bahia.
Tels.: (71) 3115-7270
  Via X Internet